DESCOBERTO O CALENDÁRIO MAIA MAIS ANTIGO

Publicado: 13/05/2012 em Arqueologia, Geral
Tags:,

Pictogramas com os ciclos astronômicos. | National Geographic

Uma equipe de investigadores da Universidade de Boston encontrou, na selva do norte da Guatemala, o que asseguran que é o calendário maia mais antigo documentado até a presente data. Os arqueólogos, segundo publicam na ‘Science’, foi localizado nas paredes de un recinto oculto na floresta da antiga cidade Maia de Xultún.

A construção foi localizada, por casualidade, por um de seus alunos no ano de 2010 e demoraram dois anos en decifrar que eram os pictogramas que adornavam suas paredes. Sua surpresa foi maiúscula ao descobrir que se tratava dos ciclos da Lua, o Sol, Vênus e Marte, e que previam as fases pelas que passariam nos próximos 7.000 anos.

Para o astrônomo Anthoy Aveni, um dos coautores, esta descoberta elimina a lenda que apuntavam que este ano 2012 chegaria o fim do mundo, segundo o calendário maia, dado que agora se sabe que os maias não colocavam data limite aos ciclos cósmicos.

Os arqueólogos reconhecem que ainda resta por explorar o 99,9% de Xultún, um complexo que foi descoberto há um século, mas que foi pouco investigado até agora pelo que se acredita que oculta muitos outros segredos que darão a luz à história dos Maias.

Fonte: elmundo

Comentário do blog  Caminho Alternativo:

Quando li essa notícia dei algumas risadas, porque demoraram dois anos para decifrar alguns simbolos e mesmo faltando 99,9% da área por explorar eles já apresentam conclusões contundentes. – “Os Maias não colocavam data limite aos ciclos cósmicos” e que o calendário encontrado na parede “é o mais antigo”. O fato do calendário cósmico continuar além de 2012 é a “prova” de que o nosso mundo não vai acabar.

Numa pesquisa básica pela internet achamos o significado da palavra “Apocalípse”, que não significa fim do mundo, nem tragédia ou destruição, significa apenas “revelação”.

A palavra apocalipse, do grego αποκάλυψις, apokálypsis, significa “revelação”, formada por “apo”, tirado de, e “kalumna”.
Do Grego APOKALYPSIS, de APOKALYPTEIN, “desvendar, descobrir, revelar”, de APO-, “sobre”, mais KALYPTEIN, “cobrir, esconder”. Fonte: WikipediaOrigem da Palavra

A suspeita é que a mídia esteja usando o tema Maia para confundir as pessoas, criar dúvidas e reestabelecer a ordem necessária no mundo para que tudo continue como está. Ou seja, o “gado humano” deve continuar ignorante e submisso, deve se preocupar apenas em levantar cedo, trabalhar e pagar contas, principalmente, juros aos bancos.

A fonte da notícia publicada é um site espanhol, e como o establishment trabalha coordenadamente para divulgar as mesmas coisas para as massas no mundo todo, surrge no Clarín da Argentina a seguinte notícia.

Descobrem o calendário Maia mais antigo e cai a teoría do apocalipse

Ok, já sabemos que por enquanto o mundo não vai acabar, pelo menos não por motivos cósmicos, mas se dependermos dos judeus sionistas que governam o planeta, nossos dias estão contados!

Israel ameaça destruir o planeta com um Armagedón Nuclear

Talvez a elite sionista esteja com medo de que os assuntos ligados ao Cosmos despertem as massas e se produza neste planeta uma revolução de consciência, onde o “fim do mundo” chegará àqueles que controlam o mundo através da economia, governos, guerras, mídia e bancos.

Tradução: Caminho Alternativo

Anúncios
comentários
  1. Helene disse:

    This article is an intsorapiin. You are a profound and insightful writer that knows how to get your point across with interesting and quality content. You are wonderful with words.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s