Moradores relatam estrondo em bairros de Taubaté nesta quarta feira (14) e Estrondo misterioso alarma moradores de San Diego, nos EUA

Publicado: 17/04/2012 em Geral, Mistério
Tags:,

Post no blog da sensacional ravena (http://evoluindo-sempre.blogspot.com.br/)

 

Moradores da cidade de Taubaté, no Vale do Paraíba, no interior de São Paulo, ouviram um forte estrondo no final da manhã desta quarta-feira (14). Casas dos bairros de Estiva, Parque Ipanema e Parque Aeroporto chegaram a tremer, segundo relatos. Na Vila Bela, moradores saíram para a rua com medo e sem saber o que aconteceu.

A Defesa Civil recebeu diversos chamados relatando o ocorrido. De acordo com os moradores, o barulho ouvido se parecia com uma explosão de bomba ou estrondo de um raio. Alguns moradores de Tremembé , cidade vizinha a Taubaté, também contam que sentiram o impacto.
Caso semelhante
 
Em 2011 houve caso semelhante; não há informações sobre causa. No dia 12 de novembro de 2011, um caso parecido assustou os moradores de Taubaté. Em vários pontos da cidade um estrondo foi ouvido pelos moradores. Na ocasião, também houve relatos de tremores decorrentes do forte barulho.
 
Fonte: G1
 
 
 
Estrondo misterioso alarma moradores de San Diego, nos EUA
 
O canal de TV NBC SanDiego recebeu inúmeros chamados telefônicos de moradores daquela cidade devido a um enorme estrondo que foi ouvido às 09h00min de sexta-feria, 13 de abril passado.
 
O serviço de sismologia daquele país não detectou nenhum terremoto na região.
 
Oficiais da base aérea MCAS Miramar disseram que o estrondo não foi devido a nenhuma de suas aeronaves, o que poderia ter ocorrido quando estas superam a velocidade do som.
 
O Professor Emeritus da Universidade de San Diego State, Pat Abbott, sentiu e escutou o ruído e saiu de sua casa para tentar determinar sua origem. “A única vez que você escuta um terremoto é quando você está diretamente acima do epicentro“, disse Abbott.
 
Em sua opinião, como pode ser visto no vídeo abaixo da reportagem em inglês, o som era atmosférico.
 
A meteorologista Jodi Kodesh, do canal NBC 7, demonstrou no mapa de radar da região que não haviam células de tormentas próximas da região na hora do incidente.
 
Quando um raio ocorre, o trovão pode ser escutado à uma distância de 8 a 16 km de distância, disse Kodesh. Mas esse não era o caso aqui, pois a tormenta estava muito mais afastada e não carregava consigo uma tempestade elétrica potente.
 
Também foi considerado que poderia ter sido um exercício militar chamado de “chaff“, o qual pode causar sons similares. “Chaff” são pedaços metálicos ejetados de uma aeronave militar para tentar ocultá-la da detecção de mísseis guiados por radares.
 
O Serviço Climático Nacional (National Weather Service) não pode confirmar se o som foi resultado de “chaff“e um oficial da base MCAS Miramar disse que não estava ciente da possibilidade de “chaff” na área.
 
Vale também notar que no mapa de radar apresentado por Kodesh no vídeo abaixo, há algumas regiões estranhas que foram captadas pelo radar, mas que não eram tormentas. A meteorologista não soube explicar com certeza do que se tratavam as manchas.
 
 
Assista o vídeo:
 
 

 

 

Via: Ovni Hoje

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s